03 agosto 2015

Resenha de Lápis de Cor | Parte 1





Por Carol
______________

Oi gente,

Este post é o primeiro de uma série de postagens que vou fazer contando minhas impressões sobre as marcas de lápis de cor que adquiri ou que tenho acesso. Dessa forma, o objetivo é dividir minhas experiências com vocês, vale lembrar que são percepções pessoais, algumas subjetivas e assim sujeitas ao meu gosto o que torna as infomações baseadas na subjetividade do meu ponto de vista.  

Neste primeiro vídeo comentei sobre as seguintes marcas:
Faber-Castell normal ou comum, Faber-Castell Aquarelável, Faber-Castell Grip normal ou comum, Faber-Castell Grip Aquarelável, Multicolor, Happy Time, Coramor, Crayola Erasable, Crayola Twistables e Crayola comum 50 cores.

Conforme citado no vídeo, compartilho com vocês a tabela com as referências de cores da Faber-Castell (Para ver o arquivo original clique aqui):

Acredito que essa tabela de referências que montei, vai facilitar a nossa comunicação sobre as cores usadas nos passo a passos tendo em vista que alguns lápis trazem a referência por números e outros pelo nome das cores. No entanto, pude detectar que existem alguns nomes diferentes para a mesmo código como ocorre por exemplo com  a Referência 028 conforme a figura abaixo:


E a mesma cor com o código diferente também pude verificar como acontece com o laranja  e laranja claro que ora aparecem com uma referência,  ora com outra:


Também achei interessante que a caixa de 48 cores por exemplo não contém, necessariamente todas as cores que estão nas caixas de menor quantidade. Isso ocorre principalmente com as cores Rosa Chiclete e Vermelho Violeta e por vezes com o Prata e Ouro se a caixa for aquarelável e com as cores Marrom Terra, Cinza além do Rosa Chiclete e Vermelho Violeta se a caixa for de lápis comum.

Com a ajuda de diversas pessoas que prontamente estavam dispostas a me ajudar e contribuir com essa resenha, montei um quadro mostrando quais são as cores que vem em cada caixa de 12, 24, 36 ou 48 sendo o lápis aquarelável ou não, e para ver esse arquivo clique aqui.

A seguir segue a tabela da Faber-Castell com as 53 cores disponíveis para a linha escolar, essa tabela é contribuição da Dafne Rocha para o blog:



Para tirar algumas dúvidas e avaliar melhor os lápis criei 3 testes que são:

- Mistura de cores: A partir de cores primárias mais comum entre os artistas (azul, amarelo e vermelho) verificar como se dá a mistura para obter as cores verde e laranja e como fica o aspecto da área pintada (textura, manchas, preenchimento, cobertura) mesmo com uma única cor. Essa é uma propriedade muito importante no meu ponto de vista, pois a sobreposição de cores se dá a todo o momento nos coloridos como nos degradês, "misturinhas", técnicas, ou simplesmente preenchendo uma área do desenho. Também é possível aumentar a gama de cores mesmo com uma caixa de lápis com poucas unidades.

- Teste do Branco: Embora muitas pessoas não gostem ou não usem o lápis branco, eu vejo uma série de vantagens em usá-lo como por exemplo para fazer o efeito de luz transferindo o pigmento de uma área com cor para outra área vazia. Para esse teste, pintei duas extremidades com um tom de azul escuro e com o lápis branco procurei, da melhor maneira possível, "arrastar" o pigmento para a área central com o intuito de obter uma nuance mais clara nessa região. Quanto mais escura a região central ficar, melhor a performance do lápis branco para esse objetivo. 

Existe uma série de outros motivos e vantagens em se utilizar o lápis branco e lá no canal tem um vídeo sobre isso, é só clicar aqui: Vídeo sobre lápis branco

- Aquarelado: Esse teste é para que eu possa observar como é o efeito aquarelado que um lápis que possui essa propriedade deixa, o lápis tem que ser aquarelável o suficiente para deixar um efeito minimamente parecido com aquarela permitindo, inclusive, miscigenar duas (ou mais) cores para se obter uma terceira. Também criei esse teste para que eu possa verificar se existe essa propriedade em lápis comuns já que, recentemente uma leitora descobriu esse feito nos lápis comuns da MAPED.

Além disso,outras características como maciez, pigmentação, tipo de material, fabricação, origem, formato do cabo e etc. também são citadas ao longo dos vídeos. Quando ao preço dos lápis eu preferi não abordar porque isso é uma informação que sofre muitas variações! Mas como o acesso à pesquisa na internet, grupos de Facebook, Instagram, e vários outros meios é fácil e prático, deixo essa questão em aberto para que vocês façam suas próprias pesquisas conforme às exigências e capacidade/disposição de compra de cada um.

Amostra das cores das marcas testadas:

1 - Faber-Castell Comum:


2 - Faber-Castell Aquarelável 24 cores:


3 - Faber-Castell Aquarelável 36 cores:


4 - Faber-Castell Eco Grip Comum 12 cores:


5 - Faber-Castell Grip Aquarelável

(Sem imagem porque só tenho dois lápis dessa marca)

6 - Multicolor



7 - Happy Time


8 - Coramor



9 - Crayola Erasable


10 - Crayola Twistables


11 - Crayola Comum 50 cores



12 - Crayola Comum 100 cores (contribuição da Karina Andrade Instagram: @arte.conceito): A Karina conta que nessa caixa de 100 cores, 40 são cores duplas, 15 cores únicas, 5 metálicas e as cores duplas estão sinalizadas com um pontinho preto):


Resultado dos Testes:


As explicações e minhas percepções estão no vídeo abaixo:


Espero ter contribuído de alguma forma no sentido de mostrar particularidades, sanar dúvidas, ou curiosidades. Caso queiram contribuir com alguma informação ou observações, fico à disposição!

Um beijo e até mais!
Carol


17 comentários:

  1. Oi Carol, parabéns pelo vídeo. Ajuda muito, admiro vcs pela paciência e dedicação com que nos ensinam. Gostaria de ver, se possível, umas dicas de como pintar desenhos com aquarela em pasta, comprei e estou achando meio complicada a técnica de mistura de cores e efeitos de luz... Desde já obrigada. Andrea

    ResponderExcluir
  2. Olá Carol!!!Eu descobri hj que o lápis de cor multicolor é uma segunda linha da faber castell, e no vídeo vc até os compara falando da semelhança, o atendente da papelaria me informou que a diferença está na madeira que compõe o lápis. É uma curiosidade!!! O vídeo ficou ótimo, parabéns!!! Bjs..Valquiria

    ResponderExcluir
  3. Carol parabéns e obrigada por compartilhar seus estudos conosco. Assim q você puder, por favor, posta um vídeo ensinando colorir troncos de árvores. Bjim Julia

    ResponderExcluir
  4. E o lápis bordô 091 vem em qual caixa?

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Danilo, a cx de 48 - faber aquarelavel tem o 91.

    ResponderExcluir
  7. Agradeço muito pela generosidade e clareza nas explicações das cores e numeração dos lápis.Estou feliz porque estava querendo pintar as Mandalas do Tibet e não sabia como começar.
    Muita Paz no seu coração.

    ResponderExcluir
  8. Gina, gostaria saber se os lapis de cor da labra são bons?

    ResponderExcluir
  9. Gina sera que teria como colocar teste e a diferença das cores do lapis Faber aquarelavel de 48 para o 48 comum ?

    ResponderExcluir
  10. Gina, acabei de conhecer seu canal e seu blog e estou adorando, sou bem iniciante nesse mundo de colorir e seu material está me dando várias ideias e me inspirando.

    Uma curiosidade que não sei se você sabia: o fabricante dos lápis Multicolor é a Faber-Castell, por isso eles são iguais. Isso mesmo, o multicolor é o genérico da Faber-Castell, descobri isso consultando p CNPJ que vem na caixa da Multicolor no site da Receita Federal. =)

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. HOLA QUIEN TIENE LOS CODIGO DE COLOR Y NUMERO DE FABER CASTELL METALLIC COMO POR EJEMPLO ORO 604 PLATA 696 CHAO GRACIAS

    ResponderExcluir
  12. Na caixa Faber Eco não esta mais vindo o prata, no lugar puseram o rosa chiclete.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Gina,O Spiral e o Coramor também são fabricados pela Faber-Castell.O Coramor é a linha terciária e o Spiral é fabricado para a Kalunga.

    ResponderExcluir
  15. Oi Gina. Você já testou os lápis da Giotto? Uma amiga me indicou o Supermina da Giotto disse que é bem macio e pigmentado.

    ResponderExcluir